ampliação oliveira monteiro

localização: porto - portugal

ano: 2020

Esta ampliação nasceu da necessidade de as filhas do casal terem espaço de convívio dentro de casa com os amigos, para além dos respetivos quartos nos pisos superiores.

 

A casa, anterior a 1977, apesar do conter no seu todo uma boa área construtiva, acaba por ficar segmentada pelos seus 5 pisos, o que resulta em espaços por vezes algo residuais, sobretudo nas zonas comuns do piso de acesso à rua e à cota do extenso logradouro, um piso abaixo.

 

Deste modo, a idéia passou por demolir as escadas exteriores que ocupavam verticalmente cerca de metade da fachada a tardoz e ampliar internamente os tais espaços de menor utilidade e acesso, criando um novo bloco de dois pisos intercomunicantes, com uma extensão acrescida de 3 metros sobre o jardim ao nível do jardim, permitindo assim a tal identidade e vivências próprias desejadas. Desde a sala no segundo piso, é ainda possível aceder ao terraço do piso de baixo, continuando até à cota do logradouro.

 

Decidiu-se então por se introduzir uma linguagem minimalista ao conjunto arquitetónico existente, num encosto de cheios com vazios, conseguidos através da execução de uma estrutura metálica colmatada por uma face envidraçada, com todos os demais detalhes aplicados à mesma cor das caixilharias existentes.

 

 

< menu